Índice
Definição
Rotinas de Otimização
Observações
Observações de Lançamentos
Procedimentos
5.1- Importação de NF-e Via XML - Execução no Calima
5.2- Importação de NF-e Via XML - Relatório de Detalhes sobre o Resultado da Importação
5.3- Importação de NF-e Via XML - Utilizando a opção alíquota de PIS/COFINS da empresa ao invés da alíquota do XML
5.4- Importação de NF-e Via XML - Configuração de retenção para notas sem informações de Retenções
Veja Também


1. Definição

O Manual de Integração do Contribuinte informa que o emissor de uma nota fiscal eletrônica (NF-e) deve enviar o arquivo digital gerado para o destinatário, que deve guardá-los no prazo previsto em lei. Devido a esta possibilidade e visando facilitar o trabalho de nossos clientes, foi criado no Calima uma rotina de Importação de NF-e, que consiste na importação dos arquivos XML gerando automaticamente um lançamento fiscal de entrada, saída, cancelamento e inutilização.

O arquivo a ser importado é o arquivo de Distribuição da NF-e processada pelo sistema. Este possui as informações necessárias que garantem que a NF-e foi recebida e autorizada pela Sefaz. Observe o exemplo no link.

2. Rotinas de Otimização

1) Busque separar arquivos recebidos em pastas diferentes uma para cada Empresa. Isso irá facilitar e agilizar o processo de importação.
2) Ao receber os arquivos confirme se estes são realmente Arquivos de Distribuição da NF-e. O Calima não importará outro arquivo que não siga esse leiaute.
3) Acima de 100 arquivos é extremamente recomendando que utilize um compactador (.zip). Compacte todos os arquivos e refaça a importação do mesmo. Com uma quantidade acima da mencionada de arquivos individuais (não compactados) não garantimos a correta importação de todos os arquivos ou que o processo finalize.
4) Por questões de perfomance e processamento o Calima não permite arquivos que sejam maiores que 8 MB (o que equivale a 2 mil arquivos). Com uma quantidade acima da mencionada de arquivos em um .zip, não garantimos a correta importação de todos os arquivos ou que o processo finalize.

3. Observações

1) A partir da versão 4.3.07 foi implementado o cadastro automático de UF e cidade do exterior, porem existe uma limitação de cadastrar somente uma cidade e UF por pais do exterior.

2) O comportamento padrão do Calima na importação de uma nota para uma empresa optante do simples nacional é de preencher a segregação dos produtos que NÃO tem segregação preenchida, de acordo com as configurações do simples nacional ou geral da empresa.

3) A partir da versão 4.3.01, o Calima também vai aceitar arquivos de Inutilização.

4) Caso manualmente deixe em branco o produto/serviço, o Calima irá sempre criar um novo produto relacionado a nota.

5) Caso queira que na mesma importação um ou mais produtos sejam relacionados a um produto específico do sistema que não foi obtido pela busca padrão, deve relacionar os mesmos manualmente na importação.

6) Caso tenha configurado a Segregação Padrão no cadastro de produto (Manutenção > Controle de Estoque > Produto > Dados no Módulo Fiscal, campo Segregação Padrão) essa segregação será prioritária, ou seja, ao importar uma nota com ou sem produto que tenha uma segregação diferente ou nenhuma informada, ela assumirá a segregação configurada no cadastro de produto.

7) A partir da versão 4.2.06 o sistema reconhece automaticamente o tipo de pagamento, e aparece na nota de lançamento :

Pagamentos em dinheiro, cartão de débito ou vales alimentação, refeição, presente ou combustível são considerados: Á Vista.
Pagamentos em cheque, cartão de crédito, crédito loja, duplicata mercantil, boleto bancário são considerados: Á Prazo.
Pagamentos outros: Sem Pgto. / Outros`




8) A partir da versão 4.2.07 ao importar Unidades de Medidas, caso ocorra da abreviação da Unidade ser igual a descrição. O sistema irá alterar a descrição para: DESCRIÇÃO ENCONTRADA NO ARQUIVO + Unidade de medida gerada pela importação de NF-e.

9) A partir da versão 4.2.07 os lançamentos terá uma nova regra para lançamento de entrada e saída:

CST IPI com Código menor que(<) 50 será importada somente para entrada;

CST IPI com código maior ou igual que(>=) 50 será importada somente para saída.

10) A partir da versão 4.3.02 ao IMPORTAR (SOMENTE NA IMPORTAÇÃO) uma nota marcando a opção de Ajustar o valor de ST Retido para ICMS Outros.




Será zerado a Base de Cálculo e ST Retido.



O Valor será adicionado na aba ICMS na parte de Outros.



O valor do ICMS outros irá compor o valor total contábil da divisão.

11) Caso o relacionamento na tela de relação de produtos seja removido será criado um novo cadastro de produtos com os dados do produto presente na nota.

Selecione o produto, clique em alterar, apague o produto relacionado e clique em salvar, em seguida clique em salvar novamente e será criado um novo produto.



4. Observações de Lançamentos

Foram feitas alterações significativas no filtro de origem de lançamento contido no calima. A partir da versão 3.7.03 as origens de lançamento do módulo fiscal serão tratadas da seguinte forma:

Os lançamentos provenientes de inserções feitas diretamente no Calima, que antes eram tratadas como tipo "Normal", os importados do SINF e do SLFDOS terão, a partir de agora Origem de Lançamento "Manual".
Os lançamentos feitos por arquivo xml ou txt, inseridos na base do Calima através dos processos de importação NF-e, NFS-e, CT-e, NFC-e, CFe, a partir desta alteração serão generalizados pela Origem de Lançamento "Arquivo Digital (XML e TXT)".
Os outros lançamentos que são importados através de arquivos digitais SPED e SINTEGRA, continuarão com suas respectivas origem de lançamento "SPED e SINTEGRA".
Os demais, realizados por meio de integração com webservices rest, serão considerados como "Integração Rest(JSON)"
A partir da versão 4.3.03 o Calima utiliza a informação do XML para preencher o valor do ICMS Diferidas.

5. Procedimentos

5.1- Importação de NF-e Via XML - Execução no Calima
5.2- Importação de NF-e Via XML - Relatório de Detalhes sobre o Resultado da Importação
5.3- Importação de NF-e Via XML - Utilizando a opção alíquota de PIS/COFINS da empresa ao invés da alíquota do XML
5.4- Importação de NF-e Via XML - Configuração de retenção para notas sem informações de Retenções

6. Veja Também

Importação de NF-e via Certificado Digital
Importação de NF-e Via Chave de Acesso
Lançamentos de Entrada e Saída

Migrado em: 15/02/2022
Esse artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!