Índice
Definição
Observações de Lançamentos
Contabilização
3.1- Contabilização por CFOP
3.2- Configuração de Contabilização para Prestação de Serviço
3.3- Configurações de Impostos para a Retenção na Fonte
3.4- Configuração de Contabilização para Produtos
3.5- Contabilização de Notas com Retenções de Impostos
DIFAL - ICMS Interestadual a Consumidor Final
Alteração de CFOP em Lote
5.1- Alteração de CFOP em Lote dos itens da Nota
5.2- Alteração de CFOP em Lote das Notas
Validações de lançamentos
Totais da Nota
CFOP para doação, bonificação ou brindes
Veja Também


1. Definição

Este ajuda tem por finalidade exemplificar os recursos para Lançamentos Fiscais de Entrada/Saída.

2. Observações de Lançamentos

Foram feitas alterações significativas no filtro de origem de lançamento contido no calima. A partir da versão 3.7.03 as origens de lançamento do módulo fiscal serão tratadas da seguinte forma:
Os lançamentos provenientes de inserções feitas diretamente no Calima, que antes eram tratadas como tipo "Normal", os importados do SINF e do SLFDOS terão, a partir de agora Origem de Lançamento "Manual".
Os lançamentos feitos por arquivo xml ou txt, inseridos na base do Calima através dos processos de importação NF-e, NFS-e, CT-e, NFC-e, CFe, a partir desta alteração serão generalizados pela Origem de Lançamento "Arquivo Digital (XML e TXT)".
Os outros lançamentos que são importados através de arquivos digitais SPED e SINTEGRA, continuarão com suas respectivas origem de lançamento "SPED e SINTEGRA".
Os demais, realizados por meio de integração com webservices rest, serão considerados como "Integração Rest(JSON)".

3. Contabilização

3.1- Contabilização por CFOP

Os lançamentos de entrada/saída poderão ser contabilizados de forma distinta a partir do CFOP escolhido e previamente configurado. Além da contabilização baseada no Tipo de Pagamento (a vista, a prazo e sem pagamento), os impostos (PIS, COFINS, ICMS, ICMS-ST, IPI e ISS), os impostos retidos na fonte para serviços (IRRF, PIS-RF, COFINS-RF e CSLL-RF) também poderão ser configurados para que sejam contabilizados de acordo com o CFOP utilizado nos lançamentos. Após realizar as configurações necessárias através do Módulo Fiscal > menu Manutenção > Configurações > Integração Contábil > Codificação Fiscal.





Basta acessar a tela de lançamentos (Módulo Fiscal > menu Manutenção > Configurações > Lançamento > Entrada e Saída > Incluir) e utilizar o(s) CFOP(s) configurados para que a contabilização seja realizada automaticamente. Para visualizar os dados referentes à contabilização, basta acessar a aba Contabilização na Divisão de Produtos/Serviços.



3.2- Configuração de Contabilização para Prestação de Serviço

a) Acesse Módulo Fiscal / Manutenção / Configurações / Integração Contábil / Prestação de Serviços.



b) Configure as abas Entrada/Saída informando os dados abaixo.



c) Configure a aba de Impostos Retidos na fonte informando os dados abaixo.



3.3- Configurações de Impostos para a Retenção na Fonte

a) Para configurar o valor de RF(Retenções de Impostos) acesse Módulo Fiscal / Processos / Calcular e Consultar Impostos.



b) Clique em opções.

c) Clique em Abrir configurações de Imposto da empresa atual.



d) Selecione a configuração de Retenção na Fonte que deseja.



3.4- Configuração de Contabilização para Produtos

a) Acesse Módulo Fiscal / Manutenção / Configurações / Integração Contábil / Codificação Fiscal.



b) Clique em incluir.



c) Informe os dados para configurar a aba de Tipo de Pagamento.



d) Informe os dados para configurar a aba de Impostos Retidos na Fonte.



3.5- Contabilização de Notas com Retenções de Impostos

a) Acesse Módulo Fiscal / Manutenção / Saída / Lançamento.



b) Clique em incluir.



c) Clique no símbolo de +, ou caso tenha algo cadastrado.

d) Clique na aba de divisões.



e) Será mostrado todas as contabilizações.



4. DIFAL - ICMS Interestadual a Consumidor Final

Para realizar a partilha de ICMS entre UF Origem e Destino deve-se seguir as os passos abaixo:

a) UF do lançamento deve ser diferente da UF da Empresa.

b) Tipo de Consumidor deve ser "Final".

c) Os Modelos de Documentos devem ser 55 ou 57 configurados na Espécie do Documento.

d) Somente serão aceitas Notas do Território Nacional (Brasil).



e) CFOP dos Produtos lançados deve ter a opção "Calcular diferença de Alíquota" marcada.



f) Nos lançamentos dos Produtos ir na aba "ICMS Interestadual" e verificar os campos:



Alíquota Interna: Alíquota do estado da empresa Alíquota Interestadual: Alíquota do estado da nota Partilha: Percentual para dividir o valor do ICMS entre os estados. Percentual do Fundo de Combate à Pobreza - FCP -> Percentual sobre a base do ICMS para esse fundo.



g) Após lançar os produtos verificar as divisões do ICMS Interestadual.



Observações:
1) Sistema busca o valor total do ICMS para FCP, o valor total do ICMS interestadual para UF de destino e o valor total do ICMS interestadual para UF de origem agrupados pelas UFs do Brasil das notas ativas de entrada ou saída da empresa dos modelos 55 e 57 que tenham data de entrada dentro do período de geração.
2) A guia DAE para difal é gerada com base todos as notas de Entrada com o campo Valor Diferencial de Alíquota lançadas no período solicitado, caso esse campo não tenha valores, a guia não será gerada.



Foram incluídos os registros E300, E310, E311, E312, E313 e E316 no Bloco E do SPED Fiscal, para maiores informações clique aqui (veja número 13 no índice).

5. Alteração de CFOP em Lote

5.1- Alteração de CFOP em Lote dos itens da Nota

a) Para realizar a alteração do CFOP em Lote acesse Módulo fiscal> Manutenção> Lançamento> Entrada ou Saída. Selecione os lançamentos desejados e clique em "Opções".



b) Clique em "Alteração de CFOP em Lote".

c) Escolha o novo CFOP e clique em "Ok".



Observações:
1) Quando alterado o CFOP dos itens para um novo CFOP (não existente na nota), será criada uma nova divisão de produtos/serviços e caso a alteração seja em todos os itens a divisão antiga será excluída.
2) Ao selecionar um novo CFOP o mesmo será validado de acordo com a UF informada na nota, bem como se a nota é de entrada ou saída (mesma regra de alteração individual do CFOP).
3) Após a alteração do CFOP será necessário salvar a nota em edição.
4) Caso exista configuração de contabilização por CFOP, os Lançamentos Contábeis deverão ser refeitos logo após a alteração dos CFOP's.

5.2- Alteração de CFOP em Lote das Notas

a) Para realizar a alteração do CFOP em Lote acesse Módulo fiscal> Manutenção> Lançamento> Entrada ou Saída. Selecione as notas desejadas e clique no Botão "Alteração em Lote".



b) Na tela "Notas - Alteração em Lote", preencha as informações.




1) As notas selecionadas devem possuir o mesmo CFOP, para que a alteração em lote seja efetuada. Coloque o CFOP atual das notas, e em seguida o novo CFOP.
2) As notas selecionadas devem possuir a mesma Segregação Simples Nacional, para que a alteração em lote seja efetuada. Coloque a segregação atual das notas, e em seguida a nova Segregação Simples Nacional.
3) As notas selecionadas devem possuir a mesma CSF - Origem Mercadoria, para que a alteração em lote seja efetuada. Coloque a CSF - Origem Mercadoria atual das notas, e em seguida a nova CSF - Origem Mercadoria.
4) As notas selecionadas devem possuir a mesma CST - Situação Tributária, para que a alteração em lote seja efetuada. Coloque a CST - Situação Tributária atual das notas, e em seguida a nova CST - Situação Tributária.
5) As notas selecionadas devem possuir a mesma CSOSN - Simples Nacional, para que a alteração em lote seja efetuada. Coloque a CSOSN - Simples Nacional atual das notas, e em seguida a nova CSOSN - Simples Nacional.

6. Validações de lançamentos

a) Acesse Módulo Fiscal / Manutenção / Configurações / Empresa.



b) Marque a opção de Validar fechamento de valores para registro e entrada/saída.
Com base na legislação, o frete só é incluído na base de cálculo do ICMS próprio quando for do tipo CIF. Assim:
1) Frete CIF: É incluído na base de cálculo;
2) Frete FOB: Não é incluído na base de cálculo.
Por outro lado, quando se trata do ICMS-ST, o frete é incluído na base de cálculo do imposto independentemente de ser CIF ou FOB. Ou seja:
1) Frete CIF: É incluído na base de cálculo;
2) Frete FOB: É incluído na base de cálculo.



7. Totais da Nota

Para visualizar os totais das notas de forma simples e rápida para conferência de lançamentos manuais ou através de importações, na tela de lançamento pressione a tecla "F9" ou clique no botão "Opções" e selecione a opção "Totais da Nota (F9)".



Serão exibidos os totais por Produto, Serviços e o Total Geral da Nota., basta alterar entre as abas para visualizar os totais de Produtos e Serviços como mostram as imagens abaixo.




8. CFOP para doação, bonificação ou brindes

Essa rotina atinge as importações ou lançamento de entrada e saída.
CFOP para doação, bonificação ou brindes.
1910 - Entrada de bonificação, doação ou brinde.
2910 - Entrada de bonificação, doação ou brinde.
5910 - Remessa em bonificação, doação ou brinde.
6910 - Remessa em bonificação, doação ou brinde.

Ao realizar uma importação ou lançamento de entrada e saída, não haverá a contabilização de contas a pagar/receber das divisões com uma das CFOP listadas acima.

9. Veja Também

Como Calcular Impostos
Importação de NF-e Via XML
Importação de NFS-e - Nota Fiscal de Serviço Eletrônica
Manutenção de Configuração de Lançamento de Entrada e Saída
Lançamento de Contas a Pagar e Contas a Receber

Migrado em: 29/03/2022
Esse artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!