Índice
Definição
Registros Importados Pelo Sistema
2.1- Registros importados tanto para Entrada/Saída e Redução Z
2.2- Registros Não Importados
Observações
Observação de Importação
4.1- Redução Z
Processo de Importação dos Arquivos Digitais
Botão "Configuração", no Inferior da Tela
Maiores Informações
Veja Também


1. Definição

Esse artigo tem como objetivo demonstrar os procedimentos para importação de cupons fiscais de arquivos digitais provenientes da Nota Fiscal Paulita e do Cupom Fiscal ECF. Estes, contém a movimentos de saída, provenientes de impressoras fiscais.

O sistema importa arquivos no padrão CAT-52, vários estados exigem o mesmo. As impressoras fiscais, em sua maioria, realizam a geração deste arquivo digital.

2. Registros Importados Pelo Sistema

2.1- Registros importados tanto para Entrada/Saída e Redução Z



2.2- Registros Não Importados

REGISTRO E03: Identificação dos prestadores de serviço cadastrados no ECF.
REGISTRO E05: Relação das codificações de GT.
REGISTRO E06: Relação dos símbolos da moeda.
REGISTRO E07: Relação das alterações de versão do Software Básico do ECF.
REGISTRO E08: Relação dos dispositivos de MFD utilizados.
REGISTRO E09: Relação de intervenções técnicas.
REGISTRO E10: Relação de Fitas-detalhe emitidas.
REGISTRO E16: Demais documentos emitidos pelo ECF.
REGISTRO E17: Detalhe da Redução Z – Totalizadores Não Fiscais.
REGISTRO E18: Detalhe da Redução Z – Meios de Pagamento.
REGISTRO E19: Documento Não Fiscal.
REGISTRO E20: Detalhe do Documento Não Fiscal.

Observação: Valores de ST e ICMS não constam nos registros e não serão importados.

3 . Observações

Foram feitas alterações significativas no filtro de origem de lançamento contido no calima. A partir da versão 3.7.03 as origens de lançamento do módulo fiscal serão tratadas da seguinte forma:

Os lançamentos provenientes de inserções feitas diretamente no Calima, que antes eram tratadas como tipo "Normal", os importados do SINF e do SLFDOS terão, a partir de agora Origem de Lançamento "Manual".
Os lançamentos feitos por arquivo xml ou txt, inseridos na base do Calima através dos processos de importação NF-e, NFS-e, CT-e, NFC-e, CFe, a partir desta alteração serão generalizados pela Origem de Lançamento "Arquivo Digital (XML e TXT)".
Os outros lançamentos que são importados através de arquivos digitais SPED e SINTEGRA, continuarão com suas respectivas origem de lançamento "SPED e SINTEGRA".
Os demais, realizados por meio de integração com webservices rest, serão considerados como "Integração Rest (JSON)".
A partir da versão 4.2.07 ao importar Unidades de Medidas, caso ocorra da abreviação da Unidade ser igual a descrição. O sistema irá alterar a descrição para: DESCRIÇÃO ENCONTRADA NO ARQUIVO + Unidade de medida gerada pela importação de Nota Fiscal Paulista.

4. Observação de Importação

A impressora DARUMA(MACH1, MACH2, etc...), tem duas maneiras para gerar o arquivo de NFP, a primeira é: Nota Fiscal / Legal, e a segunda Nota Fiscal / Legal TDM. O Calima só importa a versão Legal TDM, pois a outra opção não gera os registros E12(Redução Z) e E13(Redução Z - Detalhe), sem esses registros o Calima não importa os cupons fiscais.

4.1- Redução Z

O leiaute não tem o valor da venda liquida, esse valor e gerado pelo sistema através da soma dos valores de totalizadores presentes na redução z.

5. Processo de Importação dos Arquivos Digitais

O Calima disponibilizou os recursos necessários para que estes Cupons Fiscais possam ser importados e geridos facilmente, em meios aos demais dados do sistema. Basta acessar a tela para importação através do Módulo Fiscal > Arquivos Digitais > Importação > NFP – Nota Fiscal Paulista/Cupom Fiscal ECF.



Nesta tela, deverá ser indicado o local onde o(s) arquivo(s) a serem importados estão armazenados, bem como, indicar a empresa que receberá as informações (cujo CNPJ seja o mesmo contido no registro 02 do arquivo) e uma CFOP de Saída que será utilizada para compor os demais dados dos Cupons Fiscais. Em seguida, clique no botão Ok.



Observação: Podem ser importados, diretamente, arquivos de texto no formato padrão ou múltiplos arquivos de texto no formato padrão compactados com a extensão ‘.zip’.

Não existindo impedimentos, ao final do processo de importação será exibida uma tela com o resultado e detalhes sobre cada cupom importado e/ou recursado pelo sistema.

6. Botão "Configuração", no Inferior da Tela

Este botão, abre opções para automatizações na importação.



Automatização de CFOP por CST. Realize o preenchimento do CFOP de acordo com o CST.



Como no arquivo não tem os o campo de CST o link é feito pelo cadatro do produto (Manutenção > Controle de Estoque > Produto > Aba Dados de CST).



Exemplo:

Se no cadatro do produto estiver a CST 00 a será lançado na Saída o CFOP 5101.
Se no cadatro do produto estiver a CST 60 a será lançado na Saída o CFOP 5104.

7. Maiores Informações

ECF Brasília:
- Portaria CAT- 52, de 06/06/2007

Nota Fiscal Paulista:
- CAT 85/07.
- Ato Cotepe n° 17/04, de 29 de março de 2004.
- CAT nº 52/2007.
- Demais informações clique aqui

Informações Gerais:
- Geração do arquivo em impressoras Bematech
- Leiaute

8. Veja Também

Importação de NF-e via Certificado Digital
Importação de NF-e Via DANFE/Chave de Acesso
Importação de NF-e Via XML
Importação de NFS-e - Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Migrado em: 15/02/2022
Esse artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!