Índice

Definição
Procedimento de Criação do Arquivo
2.1- A partir do Excel
2.2- A partir do Bloco de notas
Estrutura Para Importação de Plano de Contas
Estrutura Para Importação de Lançamentos
Estrutura Para Importação de Produtos
Estrutura Para Importação de Históricos
Ver Também


1. Definição

Este artigo tem por finalidade auxiliar na geração do arquivo no formato CSV, que tem o objetivo de importar um plano de contas e lançamentos contábeis para o sistema Calima.

2. Procedimento de Criação do Arquivo

2.1- A partir do Excel

a) Após efetuar o preenchimento da planilha com plano de contas no Excel, clique sobre o menu Arquivo > Salvar Como.



b) Após isso, selecione o local onde deseja salvar o arquivo e escolha o formato CSV.



c) Salve o arquivo, agora está pronto para ser importado para o Calima.

2.2- A partir do Bloco de notas

a) Após efetuar o preenchimento da planilha com plano de contas no Bloco de notas, clique sobre o menu Arquivo > Salvar Como.



b) Selecione o tipo "Todos os Arquivos (.)", acima após o nome colocar a extensão ".csv" (exemplo: Modelo.csv).



c) Salve o arquivo, agora está pronto para sem importado para o Calima.

3. Estrutura Para Importação de Plano de Contas

O arquivo deve deve ter 4 colunas, onde:

Exemplo 1 (Criando no Excel):



A: Número da conta.
B: Descrição da conta.
C: Se a conta é analítica (valores = sim para analítica e não para sintética).
D: Código reduzido da conta.

Observações:
1) O número da conta é de preenchimento obrigatório e só pode conter valores numéricos.
2) A descrição é de preenchimento obrigatório e deve conter no máximo 120 caracteres.
3) A coluna da conta analítica não é obrigatória, caso não seja preenchida será assumido que não é uma conta analítica.
4) O código reduzido é de preenchimento obrigatório e só pode conter valores numéricos.

Exemplo 2 (Criando no Bloco de Notas):



Observações:
1) O arquivo deve ser preenchido com uma ressalva, deve separar as colunas por ";".
2) Download do arquivo de exemplo, clique aqui.

4. Estrutura Para Importação de Lançamentos

O arquivo deve deve ter 8 colunas, onde:

A: Data do lançamento com o formato dd/mm/aaaa.
B: Valor do lançamento.
C: Conta de débito, pode ser utilizado o número da conta ou o código reduzido.
D: Conta de crédito, pode ser utilizado o número da conta ou o código reduzido.
E: Número do histórico pré cadastrado no Calima.
F: Histórico variável.
G: Centro de Custo Débito.
H: Centro de Custo Crédito.
I: Número do Lote. Este campo somente é utilizado quando a opção 'Importar Lançamento por lote (2ª, 3ª, e 4ª fórmula contábil) Número de Lote' for marcada)

Exemplo 1 (Criando no Excel):



Observações:
1) A data de lançamento é de preenchimento obrigatório e deve seguir o formato dd/mm/aaaa.
2) O valor do lançamento é de preenchimento obrigatório e não pode possuir valores negativos.
3) Pelo menos uma conta de débito ou crédito deve ser preenchida e já estar cadastrada no Calima.
4) Pelo menos um histórico deve ser preenchido, sendo o número do histórico o mesmo já deve estar cadastrada no Calima e sendo o histórico variável o mesmo deve possuir no máx 500 caracteres.
5) O Centro de Custo Débito/Crédito deve ser pré cadastrado no Calima.

Exemplo 2 (Criando no Bloco de Notas):



Observações:
1) O arquivo deve ser preenchido com uma ressalva, deve separar as colunas por ";".
2) Download do arquivo de exemplo, clique aqui.

5. Estrutura Para Importação de Produtos

O arquivo deve deve ter 18 colunas onde, Exemplo 1 (Criando no Excel):



Campos OBRIGATÓRIOS:

A: Código do produto.
B: Descrição do produto.
C: Unidade de Medida - Inserir uma abreviação que já exista na base, ou uma nova para que a importação cadastre automaticamente.
D: Tipo de Produto - Inserir um Código (número) de tipo de produto existente.

Campos NÃO OBRIGATÓRIOS:

E: CST Produto (Entrada) - São inseridos 3 caracteres (ex.: 110), em que, o primeiro (1) se refere ao código da 'Origem da Mercadoria' e os demais a 'Situação Tributária' (10).
F: CST Produto (Saída) - Idem a coluna 'E' .
G: CST PIS (Entrada) - Deve conter 2 caracteres referentes ao código da operação (entrada).
H: CST PIS (Saída) - Deve conter 2 caracteres referentes ao código da operação (saída).
I: CST COFINS (Entrada) - Deve conter 2 caracteres referentes ao código da operação (entrada)
J: CST COFINS(Saída) - Deve conter 2 caracteres referentes ao código da operação (saída)
K: CST IPI (Entrada) - Deve conter 2 caracteres referentes ao código IPI.
L: CST IPI (Saída) - Idem a coluna 'K'.
M: CST Simples Nacional (Entrada) - Deve conter 3 caracteres referentes ao código da segregação.
N: CST Simples Nacional (Saída) - Idem a coluna 'M'.
O: Data Inicial Estoque - Data Inicial do produto no estoque formato dd/mm/aaaa
P: Quantidade Inicial Estoque.
Q: Valor Unitário - Valor unitário do produto Ex.: 99,80
R: NCM - Inserir um Código (valor númerico inteiro) de tipo de NCM existente.

Exemplo 2 (Criando no Bloco de Notas):



Download do arquivo de exemplo, clique aqui.

6. Estrutura Para Importação de Históricos

Modelo do arquivo

O arquivo deve possuir 2 colunas, onde:

1) A primeira representa o código do histórico.
2) A segunda representa a descrição do histórico.

Exemplo 1: O arquivo csv no Excel será conforme a imagem abaixo.



Exemplo 2: O arquivo csv no bloco de notas será conforme a imagem abaixo.



Para fazer o download do arquivo de exemplo: clique aqui.

Validações:
O código do histórico é de preenchimento obrigatório.
O código do histórico só pode conter valores numéricos.
O código do histórico pode conter no máximo 6 dígitos.
O código do histórico deve ser único e pode possuir outro código igual já cadastrado para o grupo de histórico.
A descrição é de preenchimento obrigatório.
A descrição deve conter no máximo 256 caracteres.

7. Ver Também

Importar Lançamentos Contábeis a Partir de Planilhas
Importar Plano de Contas a partir de Planilhas

Migrado em: 21/03/2022
Esse artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!