ÍNDICE

DEFINIÇÃO
CONFIGURAR IRPJ/CSLL
GERAÇÃO DA ECF

Neste Ajuda, você aprenderá o passo a passo para configurar e apurar o Lalur e o Lacs, livros eletrônicos obrigatórios para empresas do Lucro Real e que devem constar no SPED ECF. Acompanhe a seguir o resumo do procedimento completo. Para mais informações sobre definição, configurações de impostos ou geração da ECF, clique no item desejado no índice acima para ler mais sobre o assunto.



Pré-requisitos

Tenha um Plano de Contas cadastrado. Para saber como realizar esse processo, CLIQUE AQUI.

A tributação da empresa deve ser do tipo Lucro Real, Real/Arbitrado ou Presumido/Real/Arbitrado. Essa informação se encontra no Módulo Principal em Manutenção → Empresa → Aba Dados Complementares → Tributação.

Para o cálculo correto, é necessário possuir IRPJ cadastrado no sistema com alíquota de 15%, tipo de apuração Contábil, Limite de Compensação 0,3 e na sessão Adicional para o Imposto incluir limite de 20.000 e alíquota de 10%.
Para o cálculo correto, é necessário possuir item CSLL cadastrado com alíquota de 9%, tipo de apuração Contábil e Limite de Compensação 0,3.
Para mais informações sobre a configuração dos impostos, CLIQUE AQUI.

Antes de apurar o Lalur/Lacs, você deve realizar as seguintes etapas:

Realizar a configuração de impostos no Módulo Fiscal - CSLL e IRPJ devem ter o mesmo período de apuração: trimestral ou anual. CLIQUE AQUI para saber mais.
Fazer lançamentos no Módulo Contábil (aqueles que interferem diretamente no cálculo do IRPJ e da CSLL).
Configurar a DRE também no Módulo Contábil. Acesse: Manutenção → Classificação DRE - Demonstração do Resultado do Exercício.
Encerrar a DRE - Antes de apurar o Lalur/Lacs, Encerre as Contas de Resultado.
Depois, siga para configurar o Lalur/Lacs - Quando não aparecer nada na tela informe o ano anterior para que o sistema importe as informações. Para saber mais sobre esse processo, continue lendo esse tutorial!
Por fim, gerar os livros eletrônicos Lalur/Lacs - Ao salvar a apuração, os dados também serão exibidos no Módulo Fiscal. Observe o exemplo abaixo!



Para as etapas de Configuração e Apuração, siga os passos abaixo:

1° Passo: Configuração

Acesse a tela Módulo Contábil → Lucro Real → Configurações para vincular as contas do seu Plano a itens dos livros de apuração Lalur e Lacs.

Configuração:

A configuração é feita para cada ano. Fica a critério do contador o Plano de Contas que será utilizado para a apuração do Lucro Real.
Para configurar é necessário entrar em contas do tipo Adição(A), Exclusão(E) ou Compensação(P) e vincular uma conta do Plano de Contas aos itens desejados (veja o GIF 1 a seguir). Os registros do Tipo "Lucro" e "Rótulo" NÃO entram nessa configuração!
Cada conta só pode ser cadastrada em um item do Lalur/Lacs por ano, já que é utilizada a movimentação do período no cálculo. O sistema não permite que você vincule a mesma conta duas vezes para evitar erros futuros, já que o valor seria calculado em duplicidade. Observe o exemplo no GIF 2 a seguir!
Os valores usados no cálculo têm relação direta com o resultado de despesas e receitas da DRE e o Encerramento das Contas no período, de acordo com a apuração trimestral ou anual.

Para cadastrar os valores, selecione a aba "e-Lalur A" ou "e-Lacs A" (o procedimento é o mesmo para os dois), informe o Ano referência e clique no botão azul "Consultar". Caso não sejam encontrados dados cadastrados para o ano informado, será exibida uma tela que traz a opção de importar os dados da Tabela ECF padrão. É só confirmar que o Calima faz a sincronização automática!
Para saber mais sobre as tabelas, leia o subtítulo a seguir "Atualizações".


Escolha o registro do Lalur/Lacs que deseja vincular a(s) conta(s) e clique em Alterar. Na tela que será exibida, preencha o campo "Plano de Contas" clicando na seta localizada no canto direito. O Calima abre o Plano de Contas para que você escolha a(s) conta(s) que será/serão vinculada(s) ao item do Lalur/Lacs selecionado. Salve a alteração!
Lembre-se que a configuração do Plano de Contas deve ser feita na aba "e-Lalur A" (referente ao cálculo do IRPJ) e também na aba "e-Lacs A" (referente ao cálculo da CSLL).
GIF 1:


GIF 2:


Você ainda tem a opção de filtrar todos os itens de Lalur/Lacs que já possuem contas vinculadas. Basta clicar no botão azul de Filtro, marcar apenas a opção "Possui contas cadastradas" e selecionar "Sim" na barra de pesquisa. Todas os lançamentos que já possuem contas vinculadas serão exibidos na tela destacados na cor verde, conforme indica a legenda da tela. Veja o exemplo na imagem abaixo!



Atualizações:

Cada ano uma tabela ECF do Lalur/Lacs é adicionada no sistema. Cada tabela pode ter itens adicionados ou removidos a cada ano, conforme estabelece a Receita Federal. O sistema já conta com as tabelas de Lalur/Lacs até o ano de 2021.
O usuário configura os livros ano a ano. Porém, é possível importar automaticamente algumas configurações de um ano para o outro se o(s) mesmo(s) item(ns) do Lalur/Lacs existir(em) nos dois anos da migração.

Quando ocorre essa migração/importação é gerado um relatório que explica quais Planos de Contas foram migrados e quais foram excluídos da configuração por não conter itens do Lalur/Lacs compatíveis no ano anterior.


Apuração da ECF

As informações de Lalur/Lacs são enviadas para o SPED ECF, portanto, é necessário configurar também o tipo e o período de apuração da Escrituração Contábil Fiscal (ECF). Essas informações são preenchidas no Módulo Contábil → Arquivos Digitais → Exportação → SPED ECF - Escrituração Contábil Fiscal → Botão cinza Configuração → Aba Outros Dados → Campo Indicador do Período de Apuração IRPJ/CSLL.
Trimestral: Gerado mês a mês, porém só é possível adicionar compensações ou prejuízo nos meses de Março, Junho, Setembro e Dezembro.
Anual: Gerado mês a mês, porém só é possível adicionar compensações ou prejuízo no mês de Dezembro.

Na mesma tela, preencha também os campos destacados a seguir, de acordo com a empresa corrente:
Informe o percentual para o campo "PJ Sujeita à Alíquota da CSLL em 31/12/2015" (9%, 17% ou 20%). Marque as opções que se enquadram na sua empresa!



A última configuração a ser feita nessa tela é a Forma de Tributação no Período (tipo de tributação para cada trimestre do ano) e a Forma de Apuração da Estimativa Mensal (tipo de apuração para cada mês do ano). Observe o exemplo na imagem abaixo e preencha de acordo com sua empresa! As configurações citadas até aqui são indispensáveis para evitar erros tanto no Lalur/Lacs quanto na ECF, portanto preencha com atenção!



2° Passo: Apuração

Acesse a tela Módulo Contábil → Lucro Real → Apuração. Após termos a base de cálculo do IRPJ e da CSLL, e sabermos as alíquotas correspondentes, calcular o imposto é uma tarefa fácil! Basta incidir as alíquotas sobre a base de cálculo que teremos o valor a ser pago.

Não se esqueça de ler o artigo sobre a Configuração dos Impostos antes de realizar a Apuração! CLIQUE AQUI para ter acesso.
Somente é possível calcular Lalur e Lacs se existirem cadastrados IRPJ e CSLL padrão para a empresa.
O cálculo do imposto é acumulativo, então só é possível calcular o imposto do mês atual se o do mês anterior já estiver calculado, exceto quando for janeiro.

Na tela em questão, informe o Ano e o Mês de referência e clique no botão verde "Calcular". Calcule primeiro o mês de janeiro e siga mês a mês realizando o devido cálculo. Ao clicar em "Calcular", o sistema exibe o cálculo completo, mas para gravar as informações você deve clicar no botão "Salvar"!
Após o cálculo, será exibido o valor de Receita, Despesa e Resultado tanto para o Lalur quanto para o Lacs. Esses valores vêm da DRE - Demonstração de Resultado do Exercício.



A Consulta (botão azul) só é executada se o imposto já tiver sido calculado e salvo, pelo menos uma vez, na referência informada.





Fique por dentro de cada aba da tela de cálculo:



ABA PARTE A

Apresenta os valores e resultados para o Plano de Contas configurado.
Só é possível ver lançamentos se você for no item (+) Adições, (-)Exclusões ou (-) Compensações. Os lançamentos são sempre contados desde o início do ano até a referência buscada.
Os valores de saldos são absolutos para o campo Adição. Para os campos Exclusões e Compensações, os valores são sempre negativos, mesmo que o valor na base seja devedor ou credor.

ABA PARTE B

São divididos em dois tipos: Prejuízo e Compensação.
Quando a apuração do Lucro Real for trimestral, só é possível operar a Parte B no último mês do trimestre. Se a apuração for anual, apenas no último mês do ano.
Caso a empresa tenha tido um resultado negativo na Parte A será gerado um prejuízo de igual valor na Parte B.

ABA IMPOSTO

O sistema traz o total de Receitas e Despesas, sem incidir as Adições/Exclusões (o valor que deverá estar presente no final do balancete e da DRE).
Logo abaixo o Calima traz mais detalhes, como as bases de cálculo, o Lucro Máximo, as alíquotas, o Valor do Imposto Adicional e do Imposto Recolhido Anteriormente, o Valor de Retenção na Fonte e, por fim, o Valor do Imposto a Recolher.
Mais informações sobre o imposto você encontra CLICANDO AQUI.

Esse artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!