Veja o conteúdo completo da Importação de NF-e Via XML

Execução

a) Em seu módulo Fiscal, acesse o menu Arquivos Digitais > Importação > NF-e Nota Fiscal Eletrônica > Arquivo XML.



b) Primeiramente deve efetuar a configuração, para isso clique em "Configuração".



c) Efetue as configurações para a importações de seus arquivos, começando pela Aba Geral.



1) Calcular automaticamente o valor de ICMS Outros, Caso essa opção seja marcada, o sistema irá jogar para o valor de Outras do ICMS a diferença de: Base de Cálculo (-) Isentos (-) Parcela da Base de Cálculo Reduzida (-) Diferidas (-) Supensas (-) Valor Contábil da ST.
2) Ajustar o valor de ST Retido para ICMS Outros: Caso essa opção seja marcada, o sistema irá zerar o valor de ICMS ST e Base de Cálculo, jogando os valores de ST para o campo Outros do ICMS. Esta opção é somente para notas de ENTRADA.
3) Ajustar ICMS Outros no campo Valor Contábil ST quando CST for igual a 060: Caso essa opção seja marcada, o sistema irá jogar para o campo Valor Contábil da ST o valor do campo ICMS Outros, caso a CST do documento fiscal for 060.
4) Ajustar o valor de ST. Retido para ST. Pago: Caso essa opção seja marcada, o sistema irá jogar o Valor de ICMS ST Retido para Pago.
5) Ajustar o valor de ST.Recolher para St Retido: Caso essa opção seja marcada, o sistema irá jogar o valor de ICMS ST recolher para Reitodo para todos os porudots com o CST igual a 10
6) Incluir Frete/Seguro/Outras Despesas Acessorias a base de Cálculo do ICMS: Essa opção ira incluir o valor de Frete/Seguro/Outras Despesas Acessorias na base de cálculo do ICMS.
7) Importar documento fiscal sem produtos: Caso essa opção seja marcada o sistema importará as notas fiscais sem os produtos presentes no documento fiscal.
8) Não reimportar documentos fiscais já existentes: Caso essa opção seja marcada o sistema Não irá substituir os documentos fiscais já existentes no sistema.
9) Recalcular Base de Cálculo de PIS/COFINS: Caso essa opção seja marcada, o sistema irá recalcular a Base de Cálculo do PIS/COFINS desprezando o valor que está presente no documento fiscal e assumindo o total do mesmo.
10) Atualizar endereço do participante para o existente no arquivo digital: Caso essa opção seja marcada o sistema irá atualizar os endereços já gravados dos Participantes da Nota (Fornecedor/Cliente)
11) Utilizar alíquota de PIS/COFINS da empresa ao invés da alíquota do xml. Para que esta função ocorra corretamente, realize os passos descritos aqui.

d) Realize as configurações padrões para a Aba Entrada.



e) Realize as configurações padrões para a aba Aba Saída.



f) Na aba Situação especial de ICMS você poderá adiconar uma situação especial de IPI para um ou mais CFOP's , para cada Tipo de Movimento entrada ou saída. Essa configuração serve para alterar a Base de Cálculo do ICMS das notas na importação da NF-e.



g) Na tela "Situação Especial CFOP ICMS" selecione o "Tipo de Movimento" Entrada ou Saída, Informe o "CFOP" ou selecione a opção "Todos os CFOP's" para que todos recebam a configuração, insira a "Situação Especial de ICMS" e clique em "Salvar".



h) Na aba Situação especial de IPI você poderá adiconar uma situação especial de IPI para um ou mais CFOP's , para cada Tipo de Movimento entrada ou saída. Essa configuração serve para alterar a Base de Cálculo do IPI das notas na importação da NF-e.



i) Na tela "Situação Especial CFOP IPI" selecione o "Tipo de Movimento" Entrada ou Saída, Informe o "CFOP" ou selecione a opção "Todos os CFOP's" para que todos recebam a configuração, insira a "Situação Especial de IPI" e clique em "Salvar".



j) Na Aba "Situação Especial de Segregação" ao configurar uma segregação na importação será preenchido o tipo de segregação, dos arquivos importados a partir da CFOP selecionada e sua segregação correspondente.



Observação: Somente empresas de tributação Simples nacional pode utilizar esta configuração. No caso da NF-e somente as notas de Saída podem receber essa configuração.

k) Na tela "Situação Especial de Segregação por CFOP" informe o "CFOP" ou, marque "Todos os CFOP's", informe o tipo de segregação e selecione os "Impostos p/Segreg. Selecionada" e clique em "Salvar".



Observação: Os impostos para o campo "Impostos p/Segreg. Selecionada" são habilitados conforme o tipo de "Segregação" escolhida.

l) Feito as devidas configurações, Informe a "Dt. entrada padão", selecione os "Arquivos" e clique em "Importar".

Marcando a opção "Fazer a Relação de Produtos/Serviços Automaticamente", os passos m e n serão feitos automaticamente e será gerado um relatório com o resultado importação.

m) Na tela Relação de Itens, caso deseje alterar um Produto/Serviço selecione-o e clique em alterar. Clique em "Salvar" para finalizar o procedimento de importação das notas.



Observação: Marcando a opção "Fazer a Relação de Produtos/Serviços Automaticamente" o sistema pulará a próxima tela e será gerado o relatório com o resultado da importação.

n) Ao final do processo será exibido a tela com o resultado da importação.

Migrado em: 15/02/2022
Esse artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!